Seja bem-vindo ao fã site María Gabriela de Faría Brasil, sua maior e única fonte sobre a atriz venezuelana no mundo! Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Navegue no menu abaixo e veja todo o nosso conteúdo. María Gabriela de Faría Brasil é um site sem fins lucrativos que não é afiliado a María Gabriela de Faria, seus agentes, colegas de trabalho ou membros da família. Os direitos autorais de todas as imagens, filmagens e outras mídias pertencem a seus respectivos proprietários, não há intenção de violação de direitos autorais. Esse site é administrado por fãs.
Postagem por: Ana Caroline 16/01/2021
MARIA GABRIELA DE FARIA: É VITAL PARA A SAÚDE DO PLANETA

María Gabriela de Faría participa da edição #UnMundo e concede uma entrevista para a revista mexicana Milenio, a atriz venezuelana conta sobre sua participação no World Wide Fund for Nature e também aconselha as pessoas sobre a conscientização ambiental.

Leia agora a matéria traduzida pela nossa equipe.

A atriz María Gabriela de Faría é conhecida por seus diversos papéis em séries de televisão latino-americanas, incluindo Isa TKM, Grachi e Yo Soy Franky, todas de Nickelodeon. A cantora de 28 anos também é apaixonada por ecologia e sustentabilidade. Portanto, parte de seu tempo é dedicado a trabalhar com o World Wide Fund for Nature.

— Filha de pai português e mãe colombiana, você nasceu e foi criada na Venezuela. O que a trouxe ao México?


A primeira vez que vim ao México foi a trabalho. Desde então, moro aqui em várias cidades, incluindo Cidade do México e Guadalajara.


— Qual foi sua experiência morando no México?


Ao caminhar por suas ruas, você pode se deparar com centenas de outdoors que convidam a peças de teatro, shows e filmes. No México, a arte é uma prioridade e a arte, acredito, é importante para a humanidade.


— Como atuar serviu de trampolim para você falar sobre questões importantes?

Sempre fui apaixonada por defender causas, mesmo antes de me tornar atriz. Conforme estava ganhando seguidores, sabia que era minha responsabilidade falar abertamente sobre questões importantes. Concentro-me em compartilhar minhas preocupações com o meio ambiente e as medidas que estou dando para ser verde.


— Ser vegana é uma grande mudança de estilo de vida. O que o levou a seguir esse caminho?


Foram várias coisas. A adoção da minha gata foi o início da transição e, à medida que ia me educando sobre o assunto, percebi o quão importante era para mim mudar meus hábitos alimentares. Tornando-se vegano, você começa a entender a realidade por trás da agricultura industrial. É uma indústria com um desperdício incrível, colocando um estresse terrível em nosso planeta. Recuperar a saúde da Terra é vital em nossos esforços para preservar a vida neste mundo. A agricultura industrial e a monocultura são extremamente prejudiciais para o futuro. A boa notícia é que hoje podemos fazer pequenos ajustes em nossos hábitos diários para compensar os danos.


— Quais são alguns desses hábitos para pessoas que não querem se tornar veganas?


Sempre que possível, comprar produtos orgânicos locais e até mesmo aprender a cultivar sua própria comida é um grande passo. Apoiar os agricultores locais é fundamental, pois são eles que mantêm a saúde do nosso planeta. Além disso, incentivo as pessoas a comprar roupas feitas com tecidos sustentáveis ​​e produtos de limpeza ecológicos.

— Como fazemos com que as pessoas percebam sua responsabilidade de preservar nossa terra?


Existe um certo nível de consciência que devemos trazer consigo. Convido as pessoas a realmente fazerem suas próprias pesquisas e tomarem decisões conscientes com base nas informações que ouvem ou não. Sinto que tenho a responsabilidade de deixar a Terra melhor do que a encontrei.


— Você pode nos contar sobre sua participação no World Wide Fund for Nature?


Trabalho com eles desde janeiro. Eles fazem um trabalho titânico em questões de preservação da natureza. Eles promovem o amor pelo meio ambiente e baseiam todo o seu trabalho em dados científicos para promover soluções práticas.


— Que conselho você daria a outras pessoas em sua busca por consciência ambiental?


Comece sendo curioso, querendo aprender e questionar suas crenças.


“A agricultura industrial e a monocultura são extremamente prejudiciais para o futuro. A boa notícia é que hoje podemos fazer pequenos ajustes em nossos hábitos diários para compensar os danos.”

DESENVOLVIDO POR lannie d. • SOME RIGHTS RESERVED MARÍA GABRIELA DE FARÍA BRASIL • HOSTED BY FLAUNT NU